Unhas encravadas? Um problema mais comum do que imaginamos

Unhas encravadas? Um problema mais comum do que imaginamos

A unha encravada, também chamada onicocriptose, ocorre principalmente nas unhas dos pés, no primeiro dedo, mas pode ocorrer em todos os dedos dos pés.  Causa muita dor e atrapalha a qualidade de vida, porque nos casos mais graves, não é possível sequer calçar sapatos. 

A causa mais comum é o corte errado das unhas. Muitas pessoas cortam os cantos das unhas de forma errada e quando a unha cresce, influenciada principalmente pelo uso de sapatos, penetra na pele e no tecido periungueal provocando inflamação e dor. Na maioria da vezes o corte correto e algumas medidas conservadoras são suficientes para o tratamento, porém casos mais difíceis devem ser tratados cirurgicamente com excelente resultados.

Existem casos de unha encravada nos bebês, que nascem com dobras ungueais mais volumosas levando à uma predisposição para encravar as unhas. O uso de macacões que envolvem os pés e podem apertar as unhas pode ser um importante fator de inflamação.

Medidas simples e corte correto vão deixar as suas unhas sempre saudáveis!!!

Dra. Luciana Faucz

Envelhecimento das Mãos

Envelhecimento das Mãos

Pessoas de pele clara ou descendentes de orientais têm uma tendência maior de desenvolver um envelhecimento precoce das mãos. Podem surgir manchas escuras em número variado chamadas melanoses solares, aspecto enrugado com afinamento da pele e acentuação dos vasos sanguíneos. Lesões vinhosas decorrentes de mínimos e às vezes imperceptíveis traumas chamadas púrpuras senis de Batteman também podem ocorrer. A principal maneira de prevenir o envelhecimento precoce da pele das mãos é a proteção solar principalmente nas pessoas que trabalham em ambientes externos ou dirigem por várias horas durante o dia. Em casos selecionados indica-se o uso de luvas protetoras, especialmente as que têm filtro solar incorporado ao tecido.

Atualmente existem algumas técnicas de rejuvenescimento das mãos:

• Para as melanoses solares (manchas escuras) pode-se usar o Laser ou a Luz intensa pulsada com o objetivo de atingir a camada mais superficial da pele onde se encontram essas manchas. Os peelings químicos também podem ser usados em alguns casos selecionados.

•  Em casos onde há perda de densidade da pele com aspecto enrugado e “transparente”  pode-se fazer preenchimentos com substâncias como  o ácido hialurônico, o ácido poli-L-láctico  (Sculptra) e ainda a  gordura autóloga ou seja, da própria pessoa.

Não podemos esquecer que o cuidado com as mãos é tão importante quanto o cuidado com o rosto.

Portanto invista nelas!