Manchas Brancas Solares

Manchas Brancas Solares

Manchas brancas solares, também conhecidas como sardas brancas são denominadas leucodermias gutatas e surgem após longo tempo de exposição solar em peles mais sensíveis. Estão mais localizadas nos braços e pernas e quando em número aumentado geram quadro de envelhecimento precoce da pele, especialmente quando associadas às melanoses solares ou as conhecidas manchas solares. 

Atualmente, é possível manter a pele dos braços e pernas com um aspecto mais saudável e jovem através de técnicas que associam a melhora da qualidade da pele e clareamento das manchas como peelings e lasers. As manchas brancas, antes consideradas como tendo um alto grau de resistência aos diversos tratamentos utilizados, já respondem satisfatoriamente à um novo método terapêutico denominado microinfusão de medicamentos pela pele que deve ser realizado exclusivamente pelo dermatologista. Nele é aplicada a medicação específica dentro da lesão onde a droga irá promover a repigmentação das manchas.

Permita-se usar camisetas e saias nos dias quentes! 

Você sabe o que é Fitofotodermatose?

Você sabe o que é Fitofotodermatose?

É uma reação da pele ao contato de substâncias fototóxicas seguida de exposição solar.

As substâncias fototóxicas  mais comuns são o limão e demais frutas cítricas. Estes alimentos contem furocumarina, que é um elemento que quando ativado pela radiação ultravioleta, libera substâncias danosas para a pele podendo causar queimaduras com formação de bolhas e consequentemente manchas residuais. Geralmente o local da queimadura está relacionado à região da pele que estava com resíduos destes alimentos quando a pele foi exposta ao sol .

É muito importante lavar as mãos com sabão após manipular alimentos cítricos e não esquecer que as crianças também podem se queimar após ingerir sorvetes e picolés na praia. Muitas vezes estes derretem e pingam na pele das crianças. Outra dica importante é quando tomar sucos ou caipirinhas preparadas por outras pessoas, lembrar que a superfície do copo pode estar com resíduos do limão. O ideal é envolver o copo com um guardanapo.

O tratamento é feito através do cuidado com as lesões agudas, especialmente as bolhas. Proteção solar com filtros inorgânicos e muito cuidado para não expor as lesões diretamente ao sol podem ajudar na prevenção da hipercromia pós inflamatória que são as manchas.

Após a fase aguda, as manchas podem ser tratadas com despigmentantes que devem ser prescritos pelo dermatologista. Alguns peelings e lasers também podem ser úteis no clareamento.

Se o verão é a época ideal para ingerir frutas, todo cuidado é pouco para evitar que simples e deliciosos  alimentos estraguem a sua temporada!!!!