A acne pode piorar na gravidez?

A acne pode piorar na gravidez?

Sim. Se a gestante tem uma tendência genetica para desenvolver acne, as lesões podem piorar devido à influência hormonal da progesterona e do estrogênio durante a gestação. Ao contrário do que se achava antigamente, hoje existem muitas opções de tratamento para o controle das espinhas nesta fase tão importante da vida da mulher. Os produtos e procedimentos atuais são eficientes e seguros. Sem riscos para o bebê e com grande melhora na auto estima da mamãe.

Dra. Luciana Rodrigues Lisboa Faucz
Professora | Dermatologista
CRM: 24150 | RQE: 14947

41 | 3343-5227
41 | 9 9127 -8567 Whatsapp | https://goo.gl/7bUxQJ

www.lucianafaucz.com.br
Av. Sete de Setembro, 4698 Sala 2101 – Batel – Curitiba – PR.

Gravidez e as Mudanças na Pele

Gravidez e as Mudanças na Pele

O que muda na pele durante a gestação?

Durante as 40 semanas de gestação ocorrem muitas mudanças no corpo e também na pele da futura mamãe:
⁃ A tendência ao surgimento do melasma, mancha tão temida que pode ser influenciado pelos hormônios, deve ser evitada com o uso criterioso do filtro com fator elevado. Neste período alguns despigmentantes são contra indicados, porém o uso de vitamina C e outros antioxidantes deve ser feito
⁃ Surgimento de pintas escuras ou alterações das pintas antigas. O dermatologista deve acompanhar essas alterações de perto porque o melanoma pode ocorrer durante a gestação.
⁃ Escurecimento da pele da aréola e da mucosa vulvar. Geralmente clareiam após o parto
⁃ Surgimento da linha nigra. É o escurecimento da linha media do abdome. Pode persistir por alguns meses após o parto, mas involui sem tratamentos.
⁃ Piora ou início de lesões de acne. Os hormônios da gestação podem desencadear a acne. O tratamento é diferente da acne comum do adolescente.
Somente o dermatologista pode prescrever os produtos adequados sem prejudicar o bebê.

Aproveite esta fase, ela é preciosa e passa muito rápido!!!