A Calvície feminina existe?

A Calvície feminina existe?

Sim. As mulheres também podem desenvolver a chamada alopecia androgenética feminina caracterizada pelo afinamento progressivo do pelo, também chamada miniaturização.

Existe uma herança genética onde ocorre uma transformação hormonal no folículo piloso com consequente diminuição progressiva do diâmetro do pelo até sua completa atrofia. Diferentemente dos homens, o padrão feminino é caracterizado mais comumente por alargamento da linha onde há o partido do cabelo e a mulher passa  a ter a sensação de que o couro cabeludo está mais “visível “  e os cabelos estão mais finos, especialmente quando amarra o rabo de cavalo. Para fazer o diagnóstico, o dermatologista deve fazer minuciosa pesquisa na história familiar, solicitar alguns exames de sangue para afastar outras causas orgânicas que também levam à queda de cabelos, realizar a dermatoscopia do couro cabeludo e , em alguns casos, a biópsia do couro cabeludo pode ser necessária.

O tratamento é feito com produtos tópicos, alguns medicamentos orais para impedir a indesejada conversão hormonal e também podem ser realizados métodos para a entrega de medicamentos diretamente na raíz do pelo, métodos chamado MMP, microinfusao de medicamentos pela pele promovendo um drug delivery, ou seja entrega da droga. 

O mais importante é o diagnóstico correto e o tratamento precoce da alopecia androgenética feminina, enquanto os fios têm a sua espessura normal. Procure um dermatologista membro da sociedade brasileira de dermatologia.

Dra. Luciana Faucz

Em busca de renovação da pele? Entenda como os peelings podem ajudar

Em busca de renovação da pele? Entenda como os peelings podem ajudar

O que os peelings podem fazer na sua pele?
O termo peeling é derivado do inglês “to peel”, ou seja descamar a pele. Promover a descamação da pele leva à uma maior renovação celular e consequentemente melhor textura e viço da pele. Além disto, também leva à melhora das manchas e estímulo de colágeno. Existem os peelings químicos, onde são aplicadas substâncias sobre a pele; e os peelings físicos, onde a descamação é induzida por métodos físicos como a aplicação de sais de óxido de alumínio em movimentos de fricção, método chamado microdermoabrasão.
Além do rejuvenescimento os peelings também podem ser usados para tratar estrias, acne e cicatrizes de acne. Podem se divididos em superficiais, médios e profundos.
Os melhores resultados são alcançados quando o peeling é realizado na profundidade correta e em cada objetivo desejado.
Renove sua pele!

Gravidez e as Mudanças na Pele

Gravidez e as Mudanças na Pele

O que muda na pele durante a gestação?

Durante as 40 semanas de gestação ocorrem muitas mudanças no corpo e também na pele da futura mamãe:
⁃ A tendência ao surgimento do melasma, mancha tão temida que pode ser influenciado pelos hormônios, deve ser evitada com o uso criterioso do filtro com fator elevado. Neste período alguns despigmentantes são contra indicados, porém o uso de vitamina C e outros antioxidantes deve ser feito
⁃ Surgimento de pintas escuras ou alterações das pintas antigas. O dermatologista deve acompanhar essas alterações de perto porque o melanoma pode ocorrer durante a gestação.
⁃ Escurecimento da pele da aréola e da mucosa vulvar. Geralmente clareiam após o parto
⁃ Surgimento da linha nigra. É o escurecimento da linha media do abdome. Pode persistir por alguns meses após o parto, mas involui sem tratamentos.
⁃ Piora ou início de lesões de acne. Os hormônios da gestação podem desencadear a acne. O tratamento é diferente da acne comum do adolescente.
Somente o dermatologista pode prescrever os produtos adequados sem prejudicar o bebê.

Aproveite esta fase, ela é preciosa e passa muito rápido!!!

Dias gelados e roupa suada???

Dias gelados e roupa suada???

Só quem tem Hiperhidrose axilar, excesso de suor nas axilas, sabe o que é isso!! A Hiperhidrose incomoda mesmo nos dias frios porque a transpiração excessiva não precisa do estímulo do calor. E o pior, a sensação de frio piora porque a roupa fica constantemente molhada! Os tratamentos com cremes e desodorantes são quase sempre ineficazes. A aplicação periódica da toxina botulínica nas axilas promove um resultado extremamente eficiente com grande melhora na qualidade de vida.

Chegou a hora de investir na sua pele!!!

Chegou a hora de investir na sua pele!!!

O outono e o inverno são as melhores épocas do ano para realizar tratamentos mais efetivos na pele. O uso de produtos mais eficazes como os ácidos, que renovam as células e estimulam colágeno, e os clareadores são muito bem indicados nestas estações onde a exposição solar direta como praia e piscina tende a diminuir. Pelos mesmos motivos os tratamentos mais intensivos, e também mais eficazes, como laser, microagulhamento e os peelings, são mais bem indicados nos meses de temperaturas mais amenas. Portanto esse é o momento ideal para tratar manchas, cicatrizes de acne, estrias e o envelhecimento precoce da pele.

Então não perca tempo!!!

Você sabe fazer o autoexame da sua pele?

Você sabe fazer o autoexame da sua pele?

Pois é, assim como no câncer da mama, o autoexame da pele é fundamental para diagnosticar precocemente o câncer de pele, especialmente o melanoma, o mais grave e letal de todos.

Mesmo que você tenha muitas pintas, o que às vezes dificulta observar o crescimento ou mudança de cor fique atento especialmente a alguns sinais como coceira e sangramento.

Nem todas as pintas que coçam ou sangram são cânceres de pele, mas quem vai dizer isto é o dermatologista, após minucioso exame físico e dermatoscópico da lesão.

Nos homens o melanoma ocorre muito frequentemente nas costas e na maioria das vezes é a parceira(o) quem observa que uma determinada pinta está “estranha”. Isso pode salvar uma vida!

Faça o seu check up anualmente com o seu dermatologista e treine seu olho para reconhecer possíveis mudanças na sua pele, afinal é o seu maior órgão e está literalmente exposto para ser cuidado e examinado por você!

 

autoexame

Como você quer envelhecer?

Como você quer envelhecer?

A decisão é, felizmente, totalmente de cada um.

É possível cruzar nas ruas com rostos assustadores, verdadeiras caricaturas. A evolução das tecnologias e métodos para postergar o aspecto envelhecido da face e corpo tem dado às pessoas a liberdade de usá-los em seu favor. Mas cuidado, é muito fácil ceder às tentações de tantas “promessas de juventude eterna”. Juventude eterna não existe!!!!!

Todos iremos envelhecer, ou morremos jovens… não tem outra saída

O bem envelhecer é muito diferente do transformar o seu rosto (e corpo) em algo não real. Utilizar as tecnologias em favor do bem envelhecer é entender que cada idade tem a SUA beleza. É possível postergar o envelhecimento, porém é impossível congelar o rosto em uma determinada idade. Olhar-se no espelho e se gostar é algo importantíssimo na maturidade. Com tantos problemas hormonais, e alguns problemas de saúde que surgem com o envelhecimento, é preciso cuidar da autoestima.

 Existem inúmeras opções de tratamentos para cuidar da pele, contorno facial e até flacidez da musculatura da face e pescoço. 

Confie no seu médico, não perca o bom senso e acima de tudo, SE AME!!!!

Micoses de pele

Micoses de pele

O verão é a estação com maior incidência das chamadas micoses superficiais da pele.

A maior permanência da pele úmida e as temperaturas mais altas favorecem o surgimento e a proliferação dos fungos na pele e unhas.

Confira algumas dicas para evitar estes transtornos:

Após o banho de mar ou piscina retire o quanto antes as roupas de banho como maiôs ou sungas para evitar a infecção na virilha e nas mulheres a tão temida candidíase vaginal.

Após o banho seque muito bem áreas de dobras como axilas, virilha e espaços entre os dedos. Em algumas situações de muita umidade o uso do secador em uma temperatura mais morna auxilia na secagem.

Procure levar para o salão os próprios materiais para manicure e pedicure. Por mais que os alicates sejam esterilizados, alguns salões reaproveitam as lixas e os palitos para limpar o esmalte. Estes também podem transmitir as micoses das unhas.

Procure evitar o uso de sapatos fechados por muitas horas. Nos momentos de lazer o ideal é usar calçados arejados. Muito importante, especialmente para os homens é não repetir o mesmo sapato usado no dia anterior. Deixe-o em um local ventilado e com iluminação solar abundante por 24 horas. Para os tênis, retire as palmilhas e deixe-as no sol. O uso de meias de algodão permite a absorção do suor e melhor ventilação dos pés.

Observe se o seu animal de estimação apresenta alguma lesão de pele. Alguns fungos que infectam os animais pode ser transmitidos aos humanos.

Em pessoas que têm tendência a desenvolver a pitiríase versicolor, mais conhecida como pano branco, evitar o uso de hidratantes nas costas e região do peito pois são áreas mais suscetíveis à este fungo que se prolifera mais rápido nas áreas seborreicas.

E por último, evite a auto medicação, sempre vai haver alguém com uma “receita infalível” para tratar as micoses de pele e unhas. Pode ser perigoso, procure o seu dermatologista e evite complicações.

4e3a65ce-99b7-4d8d-a4a6-2cc8fdac262emicose-de-pele

Acidentes com animais aquáticos.

Acidentes com animais aquáticos.

Nesta época do ano, os acidentes com animais aquáticos aumentam consideravelmente.

Alguns animais marinhos apresentam estruturas que, em contato com o homem, podem causar acidentes quando invadimos inadvertidamente seu território, quando chegamos muito perto deles ou quando os manuseamos sem os devidos cuidados.

As crianças são mais suscetíveis porque desconhecem o perigo que existe em manipular certos animais aquáticos. Os animais mortos também não devem ser manuseados porque algumas espécies como as águas vivas e alguns peixes, podem conter o veneno mesmo após a morte.

A prática de esportes aquáticos e pescaria são as situações de maiores riscos para estes acidentes, portanto o ideal é vestir roupas escuras, pois alguns animais conseguem desviar de objetos escuros. O banhista que está no rio ou mar a lazer também pode sofrer acidentes com animais aquáticos.

Segundo estudo, no Brasil os animais marinhos mais relacionados aos acidentes são: ouriços- do- mar (50%); cnidários (cubomedusas e caravelas) responsáveis por 25% e peixes venenosos como bagres, arraias e escorpiões (25%). Nos rios e lagos os acidentes podem ocorrer por envenenamento ou toxinas como, por exemplo, os peixes bagres e mandis ou por peixes traumatogênicos como piranhas e traíras.

Em caso de acidente, procurar o pronto atendimento o mais rápido possível. Não usar fórmulas caseiras, pois podem piorar ou mascarar o quadro.