Você conhece a regra dos 70?

Você conhece a regra dos 70?

Pesquisas mostram que até 70% da radiação que chega à nossa pele são decorrentes da exposição solar do dia a dia, ou seja, sair do trabalho para almoçar, levar o filho na escola, ir ao supermercado etc. Muitas pessoas só aplicam o filtro solar quando estão na praia ou piscina, porém apenas 30% da nossa exposição solar vem destas ocasiões.
Importante lembrar também que os cânceres de pele mais comuns ocorrem nas áreas mais expostas no dia a dia, como face, orelhas, antebraços e até couro cabeludo!
Então transforme o uso do filtro solar em um hábito e não saia de casa sem ele!!!

Dra. Luciana Rodrigues Lisboa Faucz
Professora | Dermatologista
CRM: 24150 | RQE: 14947

41 | 3343-5227
41 | 9 9127 -8567 Whatsapp | https://goo.gl/7bUxQJ

Av. Sete de Setembro, 4698 Sala 2101 – Batel – Curitiba – PR.

www.lucianafaucz.com.br

Av. Sete de Setembro, 4698 Sala 2101 – Batel – Curitiba – PR.

A Calvície feminina existe?

A Calvície feminina existe?

Sim. As mulheres também podem desenvolver a chamada alopecia androgenética feminina caracterizada pelo afinamento progressivo do pelo, também chamada miniaturização.

Existe uma herança genética onde ocorre uma transformação hormonal no folículo piloso com consequente diminuição progressiva do diâmetro do pelo até sua completa atrofia. Diferentemente dos homens, o padrão feminino é caracterizado mais comumente por alargamento da linha onde há o partido do cabelo e a mulher passa  a ter a sensação de que o couro cabeludo está mais “visível “  e os cabelos estão mais finos, especialmente quando amarra o rabo de cavalo. Para fazer o diagnóstico, o dermatologista deve fazer minuciosa pesquisa na história familiar, solicitar alguns exames de sangue para afastar outras causas orgânicas que também levam à queda de cabelos, realizar a dermatoscopia do couro cabeludo e , em alguns casos, a biópsia do couro cabeludo pode ser necessária.

O tratamento é feito com produtos tópicos, alguns medicamentos orais para impedir a indesejada conversão hormonal e também podem ser realizados métodos para a entrega de medicamentos diretamente na raíz do pelo, métodos chamado MMP, microinfusao de medicamentos pela pele promovendo um drug delivery, ou seja entrega da droga. 

O mais importante é o diagnóstico correto e o tratamento precoce da alopecia androgenética feminina, enquanto os fios têm a sua espessura normal. Procure um dermatologista membro da sociedade brasileira de dermatologia.

Dra. Luciana Faucz

DERMATOLOGIA CLÍNICA (ADULTO E INFANTIL)

DERMATOLOGIA CLÍNICA (ADULTO E INFANTIL)

• Tratamento de acne
• Tratamento de queda de cabelos
• Doenças do couro cabeludo
• Alergias da pele
• Doenças das unhas
• Manchas solares ou gravídicas
• Doenças infecciosas ou inflamatórias da pele
• Dermatoscopia de nevos (acompanhamento de pintas)
• Tratamento de hiperhidrose (excesso de suor)
SAIBA MAIS
Dermatologia Clínica (Adulto & Infantil)

Dermatologia Clínica (Adulto & Infantil)

• Tratamento de acne
Controle da acne na adolescência ou idade adulta através de tratamentos tópicos (cremes), orais (ex: isotretinoína oral), peelings etc.


• Tratamento de queda de cabelos
Opções terapêuticas para diversos tipos de queda de cabelos, desde os tipos causados por deficiências nutricionais até a alopecia androgenética (calvície familiar).


• Doenças do couro cabeludo
Dermatite seborreica, psoríase, tinhas (micoses) do couro cabeludo etc.


• Alergias da pele
Diagnóstico e tratamento de dermatites de contato irritativas ou alérgicas.


• Doenças das unhas
Micoses, unhas encravadas e outras doenças inflamatórias das unhas como psoríase, líquen plano etc.


• Manchas solares ou gravídicas
Tratamentos tópicos, peelings e laser para as diversas modalidades de discromias (manchas) da pele.


• Doenças infecciosas ou inflamatórias da pele
Diversas opções terapêuticas para micoses, verrugas, psoríase, vitiligo etc.


• Dermatoscopia de nevos (acompanhamento de pintas)
Seguimento minucioso de pintas recentes ou que surgiram ao nascimento.


• Tratamento de hiperhidrose (excesso de suor)
Controle com medicamentos tópicos ou aplicação de toxina botulínica nas axilas, palmas das mãos e plantas dos pés.