Gordura Localizada? Chegou Coolsculpting!!!

Gordura Localizada? Chegou Coolsculpting!!!

O equipamento para tratar gordura localizada mais usado e mais seguro do mundo agora está
disponível na clínica Luciana Faucz Dermatologia.
O coolsculpting trata gordura localizada na região corporal e abaixo do pescoço, a conhecida e
indesejada papada.
O tratamento é feito de forma segura e eficaz com mínimo incômodo no pós-procedimento.
Agende uma avaliação!

Como você quer envelhecer?

Como você quer envelhecer?

A decisão é, felizmente, totalmente de cada um.

É possível cruzar nas ruas com rostos assustadores, verdadeiras caricaturas. A evolução das tecnologias e métodos para postergar o aspecto envelhecido da face e corpo tem dado às pessoas a liberdade de usá-los em seu favor. Mas cuidado, é muito fácil ceder às tentações de tantas “promessas de juventude eterna”. Juventude eterna não existe!!!!!

Todos iremos envelhecer, ou morremos jovens… não tem outra saída

O bem envelhecer é muito diferente do transformar o seu rosto (e corpo) em algo não real. Utilizar as tecnologias em favor do bem envelhecer é entender que cada idade tem a SUA beleza. É possível postergar o envelhecimento, porém é impossível congelar o rosto em uma determinada idade. Olhar-se no espelho e se gostar é algo importantíssimo na maturidade. Com tantos problemas hormonais, e alguns problemas de saúde que surgem com o envelhecimento, é preciso cuidar da autoestima.

 Existem inúmeras opções de tratamentos para cuidar da pele, contorno facial e até flacidez da musculatura da face e pescoço. 

Confie no seu médico, não perca o bom senso e acima de tudo, SE AME!!!!

Microagulhamento

Microagulhamento

O Microagulhamento, também chamado indução percutânea de colágeno com agulhas (IPCA) é um procedimento dermatológico que utiliza um sistema de roller com multiagulhas que variam de 0,5 a 2,5 mm de comprimento. O objetivo é promover micropertuitos na pele e estimular a produção de colágeno além de remover pigmentos e manchas. As melhores indicações para o microagulhamento são melasma, cicatrizes de acne, estrias e rejuvenescimento facial. Cada indicação utiliza um comprimento de agulha específico e a qualidade do tratamento é influenciada pela experiência do dermatologista pois a força e os diferentes sentidos de passagem do roller na pele influenciam nos resultados. O tratamento necessita ser feito pelo dermatologista e em consultório. A aplicação de anestesia tópica torna o procedimento menos indolor sendo bem tolerado pela maior parte dos pacientes.

Geralmente são necessários mais tratamentos ( pelo menos 3) para se obter bons resultados. A recuperação costuma ser rápida quando o tratamento é direcionado ao melasma ou rejuvenescimento leve, porém mais demorada para as cicatrizes de acne e rejuvenescimento mais profundo.

MICROAGULHAMENTO

MICROAGULHAMENTO

Também chamado indução percutânea de colágeno com agulhas (IPCA) é um procedimento dermatológico que utiliza um sistema de roller com multiagulhas …
Cosmiatria (Dermatologia Estética)

Cosmiatria (Dermatologia Estética)

• Peelings químicos superficiais e profundos

Tratamento de diversas alterações da pele como manchas, rugas e flacidez com substâncias químicas como ácido retinóico, solução de Jessner, ácido salicílico, ácido tricloroacético etc.


• Microdermoabrasão (peeling de cristal)
Esfoliação controlada da pele através de microcristais de óxido de alumínio que atuará removendo as camadas mais superficiais da epiderme promovendo tanto uma renovação celular quanto aumentando a penetração de outras substâncias ativas na pele.


• Dermoabrasão
Indicado para alterações cutâneas mais profundas como cicatrizes de acne severa e rugas profundas.


• Toxina botulínica
Aplicação de toxina botulínica (botox) para correção de linhas dinâmicas (de expressão) e controle de hiperhidrose axilar, palmar e plantar.


• Ácido poli-L-láctico : Sculptra
Preenchimento e remodelamento do colágeno para recuperação do contorno facial e sulcos superficiais e profundos na face, rejuvenescimento de pescoço e mãos.


• Preenchimento com ácido hialurônico.
Correção de sulcos e depressões faciais, remodelamento do contorno da face e rejuvenescimento de mãos.

• Tratamento de olheiras
Diagnóstico das causas, controle com tratamentos tópicos e outros métodos associados (peeling, laser etc).


• Correção de cicatrizes de acne
Tratamentos variados como peelings superficiais e profundos, aplicações pontuadas de ácido tricloroacético (técnica de Cross), subcision, microdermoabrasão e dermoabrasão, laser e luz intensa pulsada etc.


• Laser e luz intensa pulsada
Rejuvenescimento da face, pescoço e mãos com Luz Intensa Pulsada através do estímulo de colágeno, remoção de manchas causadas por exposição solar, tratamento de pequenos vasos da face e pequenas lesões vasculares corporais pelo laser de Nd YAG.


• Depilação com Laser Diodo
Remoção de pêlos indesejados com segurança e eficácia.


• Tratamento de estrias
Opções terapêuticas diversas como peelings, microdermoabrasão e subcision para diminuir ou amenizar estrias recentes ou antigas.


Dermatologia Cirúrgica

Dermatologia Cirúrgica

• Cirurgias de tumores benignos e malignos da pele

Diagnóstico e tratamento cirúrgico dos tumores benignos como por exemplo lipomas, e dos malignos como os carcinomas e o melanoma.


• Biópsias
Diagnóstico das mais variadas dermatoses através de biópsia da pele.


• Cirurgia das unhas
Correção de unhas encravadas, biópsias ungueais


• Tratamento de verrugas
Remoção de verrugas virais através de substâncias químicas ou nitrogênio líquido em adultos e crianças.


• Cirurgia de nevos (pintas)
Retirada de pintas suspeitas ou localizadas em áreas de traumas ou que provoquem desconforto


• Correção de lóbulo de orelha bífida (partida)
Fechamento do defeito no lóbulo da orelha através de técnica cirúrgica na qual poderá ser feito o uso dos brincos no mesmo local anterior com mínimo risco de recidiva.

Dermatologia Clínica (Adulto & Infantil)

Dermatologia Clínica (Adulto & Infantil)

• Tratamento de acne
Controle da acne na adolescência ou idade adulta através de tratamentos tópicos (cremes), orais (ex: isotretinoína oral), peelings etc.


• Tratamento de queda de cabelos
Opções terapêuticas para diversos tipos de queda de cabelos, desde os tipos causados por deficiências nutricionais até a alopecia androgenética (calvície familiar).


• Doenças do couro cabeludo
Dermatite seborreica, psoríase, tinhas (micoses) do couro cabeludo etc.


• Alergias da pele
Diagnóstico e tratamento de dermatites de contato irritativas ou alérgicas.


• Doenças das unhas
Micoses, unhas encravadas e outras doenças inflamatórias das unhas como psoríase, líquen plano etc.


• Manchas solares ou gravídicas
Tratamentos tópicos, peelings e laser para as diversas modalidades de discromias (manchas) da pele.


• Doenças infecciosas ou inflamatórias da pele
Diversas opções terapêuticas para micoses, verrugas, psoríase, vitiligo etc.


• Dermatoscopia de nevos (acompanhamento de pintas)
Seguimento minucioso de pintas recentes ou que surgiram ao nascimento.


• Tratamento de hiperhidrose (excesso de suor)
Controle com medicamentos tópicos ou aplicação de toxina botulínica nas axilas, palmas das mãos e plantas dos pés.

Ceratoses Actínicas

Ceratoses Actínicas

As ceratoses actínicas são lesões de pele causadas pela exposição crônica ao sol. São consideradas lesões pre malignas, visto que se não tratadas poderão evoluir para câncer de pele em um período que pode variar de pessoa para pessoa. Classicamente apresentam-se como lesões eritematosas com descamação ou aspecto de “ferida que não cicatriza”. Os locais mais acometidos são face, dorso das mãos , antebraços e braços . Nos homens calvos o couro cabeludo é um local frequentemente acometido. Existe uma forma de ceratose actínica nos lábios que é denominada queilite actínica. Esta deve ser sempre tratada pelo altíssimo risco de transformação em câncer de lábio com comportamento mais agressivo do que quando localizado na pele. 

Existem vários tratamentos para a ceratose actínica. Desde os tópicos como o imiquimode e 5 fluorouracil até os peelings médios combinados e a terapia fotodinâmica.

As pessoas de pele mais clara ou que necessitam se expor ao sol pela atividade no trabalho devem fazer uma prevenção rigorosa destas lesões através do uso de protetores solares e roupas adequadas para proteger as áreas mais frequentes.

Autobronzeadores

Autobronzeadores

Com a chegada da temporada de praia e piscina, é possível expor o corpo sem aquela cor branco escritório?. Já se pode chegar na praia  com uma cor um pouco mais morena. Uma excelente opção para chegar a um bronzeado saudável, sem agredir a pele com excesso de radiação ultravioleta  é o uso dos autobronzeadores à base de dihidroxiacetona  (DHA), substância que torna a pele mais morena por impregnar as  células da camada córnea que são as células da camada mais superficial  da pele. Portanto o bronzeado é transitório, ou seja, à medida que a  pele vai se renovando e as células descamam, a cor vai saindo gradualmente.

É preciso ter cuidado com a esfoliação da pele no período de descamação para não manchar os tecidos.Neste método não há alteração do DNA da célula pela radiação  ultravioleta, por isso não envelhece precocemente e não aumenta risco  de câncer da pele. Existem várias marcas no mercado em diversas  apresentações como loções, cremes e até lenços umedecidos! O  dermatologista poderá indicar o melhor produto para cada tipo de pele. Os jet bronzes (bronzeamento a jato) também são uma boa opção, também  consistem de DHA porém são aplicados em clínicas de estéticas ou  salões de beleza.Aproveite que ainda há tempo e faça o seu bronzeado saudável antes de vestir o biquini!

Bronzeamento Artificial

Bronzeamento Artificial

Em  11 /11/2009 a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a utilização com finalidades estéticas das câmaras de bronzeamento artificial (resolução n° 641/2009). Baseado em dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) que afirma que a radiação ultravioleta tem potencial carcinogênico, ou seja a exposição às lâmpadas contidas nas câmaras podem causar câncer da pele. Há muito tempo os dermatologistas vêm alertando os pacientes com relação à gravidade da exposição às lâmpadas de bronzeamento artificial.
A radiação ultravioleta emitida pelas máquinas é a UVA- ultravioleta A, que apresenta uma penetração mais profunda na pele
provocando além do envelhecimento precoce, alteração no DNA da célula aumentando o risco de desenvolver câncer de pele. A exposição por 10 minutos nas máquinas de bronzeamento equivalem à aproximadamente 1  hora sob o sol sem qualquer proteção. Em pessoas com menos de 30 anos  o bronzeamento artificial aumenta em até 75% o risco de desenvolver o  melanoma, câncer de pele de altíssima gravidade com potencial para  metástases.